November 27, 2019

April 17, 2018

Please reload

Posts Recentes

Como anda o seu foco para atravessar esta fase de turbulência?

February 25, 2016

1/1
Please reload

Categoria

O brasileiro no lado luz e no lado sombra

April 4, 2019

 

 

Estava dirigindo meu carro e ouvindo um pod cast na CBN, com o Jaime Troiano e Cecília Russo, sobre um estudo chamado “Marca Brasil em dois olhares”. O estudo é o resultado de uma pesquisa realizada com mil brasileiros e estrangeiros que vivem no Brasil. O objetivo era identificar como os brasileiros se enxergam, a autopercepção, a autoimagem e como os estrangeiros residentes no país nos enxergam.

 

O divertido é que a pesquisa apontou muito claramente que os brasileiros possuem uma visão muito positiva de si mesmo, costumam identificar rapidamente seus pontos fortes e não dão foco para os pontos de melhoria. As características mais marcantes levantadas na pesquisa foram:

 

Hospitaleiros/Simpáticos/Criativos/Alegres/Batalhadores

 

Os estrangeiros, por sua vez, responderam à pesquisa e mostraram que nos enxergam de uma forma mais ampla. É como se eles enxergassem o nosso lado luz, mas também o lado sombra. Reconhecem que somos um país com pessoas afetivas, mas que por outro lado isso nos deixa muito passivos no dia a dia.  Outra característica marcante é que somos divertidos, alegres, mas por outro lado não somos produtivos. Somos permissivos, tolerantes e também muito desconfiados.

 

Se eu for fazer um link com o meu dia a dia de Coach de Carreira, isso faz todo o sentido. Quando questionamos as atitudes dos profissionais brasileiros, e eu também me incluo nessa, tendemos a potencializar os pontos fortes e a minimizar o que não é tão bacana ou não correspondem às nossas necessidades. É como se quiséssemos jogar toda a sujeira para debaixo do tapete.

 

Será que temos a tendência a nos esquivar dos pontos negativos por:

- Desatenção, não reconhecemos o que não gostamos;

- Não querer sair da zona de conforto, zona segura;

- Preguiça, mudar dá muito trabalho mesmo.

 

Falamos tanto em feedback nas empresas, mas precisamos fazer também um auto feedback, um olhar para dentro de nós, para os dois lados da moeda. Ampliar a consciência quanto as nossas forças e nos questionarmos se elas não estão, talvez sim, talvez não, jogando contra dependendo da intensidade.

 

O autoconhecimento, que trabalhamos tanto nos Processos de Coaching, vai explorar todas as nuances para que tenhamos a oportunidade de conhecer os recursos internos que nos ajudam a crescer, tanto pessoal quanto profissional, e quais os recursos que estamos utilizando de maneira não tão assertiva e que podem estar atrapalhando evolutivamente.

 

Eu sou Giani Savi, Coach de Carreira, e posso lhe ajudar a desenvolver as competências necessárias a favor de um futuro mais promissor!

 

Fonte para o texto: 25 conselhos de Branding / CBN

Please reload

Follow Us
Search By Tags